Maceió

Com greve de servidores, população tem dificuldade para se vacinar em Maceió

Letícia Cardoso* | 16/08/18 - 12h34 - Atualizado em 16/08/18 - 12h35
População tem dificuldade para se vacinar em Maceió | Pei Fon / Secom Maceió

A greve dos servidores de Maceió completa um mês nesta sexta (17) e tem feito com que alguns serviços em postos de saúde da capital alagoana funcionem em regime de escala. A vacinação, por exemplo, passou a ter dias e horários definidos e a população é quem sente dificuldade para conseguir a imunização.

Uma internauta relatou o problema ao TNH1 e explicou que teria ido tomar uma vacina antitetânica, além de vacinar uma criança, pela Campanha Nacional Contra o Sarampo e a Poliomelite, em um Posto de Saúde no Poço. Lá, os responsáveis pelo setor solicitaram que ela retornasse no dia seguinte, conforme tabela com horários para a Sala de Vacina colada no mural da unidade.

A tabela mostra que vacinas oferecidas normalmente pelo SUS (Sistema Único de Saúde), como a de tétano, procurada pela usuária, e uma das mais procuradas pela população só são aplicadas de terça a quinta. A imunização contra o sarampo e a poliomielite acontece todos os dias no horário de funcionamento normal de cada unidade.

O TNH1 entrou em contato com a Secretaria Municipal de Saúde que informou, por meio de nota, que as escalas são definidas por cada posto e que orienta aos usuários a entrar em contato com a unidade de saúde mais próxima para conseguir informações sobre horário.

Leia a nota na íntegra:

De acordo com o Programa Nacional de Imunização, da Secretaria Municipal de Saúde, por conta do movimento grevista dos servidores do município, as unidades vêm fazendo um remanejamento de escalas para os atendimentos, incluindo as vacinações, visando atender o público da melhor maneira possível. Cada unidade realiza suas escalas de maneira individual, conforme a demanda e o número de profissionais do setor.

Como são cerca de 70 postos de saúde e cada um deles tem sua própria escala de vacinação, a SMS orienta que os usuários se dirijam ao posto de saúde que atende sua região e busque a informação sobre dias e horários de vacinação diretamente na unidade de saúde.

*Estagiária sob supervisão da editoria