Carnaval

Frevo: aprenda a dançar o ritmo pernambucano em 3 passos

O passista Otávio Bastos ensina passos básicos do ritmo que completa 111 anos

10/02/18 - 21h08
Juliana Leitão


Nesta semana, um dos ritmos mais tradicionais do Brasil completou 111 anos. O frevo, tipicamente pernambucano, completou mais de um século de existência no mesmo dia em que ocorreu a abertura oficial do Carnaval em Recife, na última sexta-feira (09).

Para celebrar o marco, o passista e professor de frevo Otávio Bastos ensina três passos básicos para aqueles que querem aprender a dançar o ritmo. Ele mostra como o frevo é um meio de se expressar e extravasar as energias negativas. O professor conta que a base é o swing da dança, não o passo em si. Os movimentos pedem malemolência e força corporal mas, acima de tudo, exigem que o praticante se divirta. “Pense na dança da rua”, conduz Bastos.

A dança, que apresenta uma fusão de ritmos e estilos, recebeu influência da capoeira e é famosa nos blocos carnavalescos do Nordeste. As cores fortes e as fantasias complementam a arte.