Polícia

Garoto morre atropelado por trator no interior de Alagoas

Dayane Laet | 13/09/18 - 09h15 - Atualizado em 13/09/18 - 09h26
Menino vivia com a família em São Brás | Google Maps

O corpo de um menino de 7 anos, identificado como Marcos Antonio, foi encontrado aos pedaços em um matagal na região rural do município de São Brás, nessa quarta-feira (12). Ele tinha desaparecido no dia anterior, depois de deixar a casa onde vivia com sua família pegando uma ‘carona’ com um tratorista, amigo da família.

De acordo com informações colhidas na delegacia de Porto Real do Colégio, o trator estava com um equipamento conhecido como “roçadeira”, acoplado. “Esta peça costuma ser usada para cortar mato alto, em grandes terrenos”, explicou o agente da delegacia, que preferiu não se identificar. O tratorista era funcionário de uma fazenda próxima e não foi encontrado após o episódio.

A família do menino Marcos vive no povoado de Sucupira, o mesmo do tratorista suspeito do atropelamento. Ele é funcionário de uma fazenda e estava a caminho do trabalho o menino subiu no veículo de tração. Desde então, não foi mais visto.

Ainda segundo a delegacia de Porto Real, existem duas linhas de investigação, mas a mais provável é a de que o garoto tenha caído, acidentalmente, do trator e sido atropelado pela roçadeira. Na tentativa de esconder a morte, o condutor teria escondido partes do corpo no matagal.

Buscas estão sendo feitas na região na tentativa de localizar o tratorista.