Polícia

Irmão de jovem morto por engano é assassinado a tiros em Maceió

14/06/18 - 11h49 - Atualizado em 14/06/18 - 11h49
TNH1 / Arquivo

A família do jovem Alberto Luiz Monteiro Xavier Lins, de 18 anos, encontrado morto em abril, um mês depois de desaparecer no bairro do Antares, parte alta de Maceió, perdeu mais um familiar de forma violenta nesta quinta-feira (14). O irmão dele foi assassinado com oito tiros, na casa de um parente, também no Antares.

De acordo com informações do coronel Monteiro, comandante do 5º Batalhão da PM, Adalberto Monteiro Xavier, de 17 anos, era usuário de drogas e foi vítima de bandidos ligados ao tráfico. “O principal suspeito de ter matado Adalberto é conhecido na região como Bruno Cabeludo. Estamos fazendo buscas para tentar localizá-lo”, disse durante entrevista ao TNH1.

Familiares e amigos do jovem Alberto, que teria sido morto por engano, chegaram a fechar a Avenida Muniz Falcão, no Barro Duro, em abril deste ano, em protesto porque ainda não tinham qualquer notícia sobre o jovem. No mês seguinte, uma ossada foi encontrada às margens da BR-424, no Polo Cloroquímico de Marechal Deodoro, Litoral Sul de Alagoas.

O TNH1 tentou contato com parentes dos jovens, mas até o momento as ligações não foram atendidas.