Geral

Em Maceió, trabalhadores aderem à paralisação nacional nesta sexta

10/08/18 - 08h25 - Atualizado em 10/08/18 - 09h25
Protestantes vão seguir em passeata até o Centro | Assessoria

Trabalhadores de diversas categorias realizam nesta sexta-feira (10) uma paralisação nacional intitulada 'Dia do Basta' contra medidas do governo Michel Temer. Em Maceió, o ato se concentra em frente ao Cepa, de onde os protestantes seguem em passeata pela Avenida Fernandes Lima, no Farol, para se reunir no em frente ao Sindicato dos Bancários, no Centro.

Em entrevista ao TNH1, a presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Educação (Sinteal), Maria Consuelo, disse que as reivindicações também passam por reajuste salarial, já que em Maceió, ainda não houve acordo entre servidores e a Prefeitura.

“Nós queremos a volta do Estado Democrático de Direito. Somos contra a reforma do Ensino Médio, a retirada do Ciências Sem Fronteiras, a lei da Mordaça, o congelamento de 25 anos nos investimentos públicos, ao aumento de combustível, e a tantas outras medidas implantadas pelo atual governo”, explicou Consuelo.

Os bancários também aderiram à paralisação e, nesta sexta, os bancos só abrem a partir de 11h.