Belfort coloca condição para deixar a aposentadoria: salário de US$ 10 milhões

12/01/2018 - 23:06 - Atualizado em 12/01/2018 - 23:06
(Crédito: Laerte Viana/Super Lutas)

Vitor Belfort anunciou sua aposentadoria do MMA, neste domingo (14), após a luta contra Uriah Hall no UFC St. Louis. Porém, o ‘Fenômeno’ já colocou uma condição para voltar a lutar: ‘muitos milhões’.

Em conversa com jornalistas pela internet, Belfort revelou que aceitaria abandonar a aposentadoria por uma bolsa de pelo menos US$ 10 milhões, cerca de R$ 32 milhões na cotação atual.

“Muito dinheiro (para não se aposentar), bota milhões nisso! Mas enfim, vou estar sempre treinando, ajudando as pessoas, tenho muitos amigos lutando, o pessoal da Tristar, tem o Cezar Mutante, vou estar sempre preparado, esse é meu lifestyle. Mas tem que ser muito interessante (a proposta), estou muito satisfeito de ter tomado essa decisão (de parar). Estou falando de US$ 10 milhões para cima para começar a conversa”, afirmou.

Em sua trajetória como lutador de MMA Vitor contabilizou um cartel de 26 vitórias, 13 derrotas e um “No Contest” (luta sem resultado). Entre as principais conquistas de Belfort estão o GP de pesados do UFC 12 – vencendo dois adversários na mesma noite – em 1997, aos 19 anos. O cinturão dos meio-pesados do UFC, em 2004, quando derrotou Randy Couture e o título do evento inglês Cage Rage nos meio-pesados.

Fonte: Super Lutas