McGregor enviou carta de desculpas para lutadora após ataque a ônibus

16/05/2018 - 22:43 - Atualizado em 16/05/2018 - 22:43
(Crédito: Reprodução)

Em abril, durante media day do UFC 233 em Nova York, o irlandês Conor McGregor jogou um carrinho na janela de um ônibus no qual estavam os lutadores do evento em uma busca por Khabib Nurmagomedov. Com a agressão, alguns lutadores como Ray Borg e Michael Chiesa, ficaram feridos.

Após o tumulo, McGregor divulgou as desculpas aos combatentes que foram afetados por sua violência. O irlandês enviou uma carta de desculpas a Karolina Kowalkiewicz. A lutadora afirma que não irá processar McGregor pelo ataque.

“Vi Conor McGregor bater nas janelas e, em seguida, vi Rose Namajunas chorando enquanto Pat protegia seu rosto. O rosto de Chiesa estava manchado de sangue. Meus treinadores me disseram para me esconder, mas eu queria ver o que estava acontecendo, mas eles me mantiveram sob os assentos. E é tudo, na minha opinião... Conor se inclinou um pouco, ele provavelmente percebeu o que aconteceu depois e escreveu uma carta de desculpas para mim. Não tenho intenção de processar ninguém. Crescendo em Lodz, vi coisas piores”, explicou Kowalkiewicz sobre o fato.

Karolina Kowalkiewicz venceu Felice Herrig por decisão no UFC 223. A polonesa tem um cartel de 14 lutas sendo 12 vitórias e duas derrotas. McGregor provavelmente ficará fora de ação por algum tempo, pois enfrenta o impacto legal de suas ações no Brooklyn.

Fonte: Esporte Fera