Apresentados, reforços enxergam forte concorrência no time do Palmeiras

19/05/2017 - 18:00 - Atualizado em 19/05/2017 - 18:00

O zagueiro Juninho e o lateral-direito Mayke foram apresentados oficialmente nesta sexta-feira como novos reforços do Palmeiras. Eles elogiaram a estrutura do clube, o técnico Cuca e sabem que terão de se esforçar muito para conseguir uma vaga na equipe, que estreou com vitória no Campeonato Brasileiro e enfrenta neste sábado a Chapecoense, às 19 horas, em Chapecó, pela segunda rodada da competição.

"Vai ser difícil ter uma vaga nesse time. Vamos trabalhar no dia a dia para honrar a camisa dentro de campo. É difícil, mas se focar e trabalhar vamos conseguir nosso espaço. São muitos campeonatos em disputa", afirmou Juninho, que estava no Coritiba e ganhou a camisa 4, antes vestida por Vitor Hugo, vendido por cerca de R$ 27 milhões para a Fiorentina, da Itália.

Mayke, que estava no Cruzeiro, concordou com seu novo companheiro e reconheceu que a concorrência será grande. "Só tem jogador de capacidade enorme na posição, como o Jean e o Fabiano. Jogam em qualquer time do mundo. Vou estar sempre ajudando. Quando o professor Cuca precisar vou dar meu máximo. São muitos campeonatos, todos vão ter oportunidade", comentou.

Ele ganhou a camisa 12 e sabe da enorme responsabilidade de usar esse número, que ficou marcado por ser do ex-goleiro Marcos. "Tem um peso enorme. Vou usar a 12, é muita responsabilidade, camisa que São Marcos usou, ídolo para todos palmeirenses. Vou procurar honrar e dar meu máximo", disse.

A contratação da dupla é para reforçar o elenco e em um primeiro momento eles não devem ser titulares. Segundo Alexandre Mattos, diretor de futebol, o clube já está pensando lá na frente, quando poderá perder atletas da posição. "Estamos cuidando não só do presente, mas do futuro também. O Juninho vem com um contrato de cinco anos e o Mayke até o fim do ano que vem, com opção de o Palmeiras adquiri-lo em definitivo", explicou.

Fonte: Futebol Interior