Dado confirma lesão de Rodrigo Souza: "Perda significativa"

13/09/2017 - 18:52 - Atualizado em 13/09/2017 - 18:52
(Crédito: Pei Fon / Portal TNH1)

O técnico Dado Cavalcanti perdeu uma peça importante para o jogo contra o Brasil-RS na próxima rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O volante Rodrigo Souza sentiu lesão muscular e é desfalque certo para o confronto. 

Em entrevista coletiva na tarde desta quarta-feira (13), no CT Ninho do Galo, na Barra de São Miguel, o treinador revelou a lesão do atleta e explicou o motivo da substituição no jogo diante do Oeste.  

"Tivemos uma perda significativa pelo fato de estar vindo jogando bem. O Rodrigo. Já sabia que no intervalo [contra o Oeste] ele se queixou ao departamento médico que estava sentindo o adutor pesado. Não foi por acaso que optei pela saída dele. Precisávamos vencer o jogo, precisava fazer a mexida e não tinha a convicção que o Rodrigo terminaria o jogo por já ter relatado essa dor. Infelizmente não esperava que seria o que aconteceu. Uma lesão constatada. Vai passar um tempo no departamento médico. Temos esse problema para solucionar durante a semana de trabalho". 


Volante Rodrigo Souza (Foto: Douglas Araújo / Ascom CRB)

Para o duelo no Rio Grande do Sul, Dado adiantou que deve dar chance ao meia Tony e o atacante Marion. 


(Foto: Pei Fon / Portal TNH1)

"Dois jogadores que já vem jogando: Marion e Tony. Últimos três jogos, no caso do Tony, entrando muito bem. Nos últimos dois jogos, o Marion também teve boa participação. É uma questão natural de fazer com que jogue. A gente evidencia muito a saída dos atletas e acaba esquecendo das entradas. Entrada por méritos. Meritocracia. Pelo que eles vêm apresentando em jogos principalmente. E a outra condição está no conjunto. Forma de equilibrar melhor a entrada desses dois, fazer com que eles tenham um pouco mais de tranquilidade na ofensividade e tendo uma retaguarda para que possam render mais para o nosso time".

Na 12ª colocação da Segundona, o Alvirrubro tem 32 pontos e treina para enfrentar o Brasil-RS na próxima rodada. O duelo está marcado para o sábado (16), às 16h30, no Estádio Bento Freitas, em Pelotas, Rio Grande do Sul. 

Veja outros trechos da entrevista de Dado Cavalcanti. 

Reforços

"Temos conversado. Estamos nos últimos dias no fechamento de janela. Também não quero criar expectativas. Ontem tivemos uma conversa boa com a direção. Não posso afirmar e nem confirmar nada porque não temos certeza. Também não posso negar porque estamos abertos. Ainda não fechou a inscrição e estamos observando o mercado. Não dá para afirmar nada em relação a isso".


Atacante Pablo aguarda regularização no BID da CBF (Foto: Douglas Araújo / Ascom CRB)

Sequência

"Espero e confio na sequência. É lógico que do outro lado também tem adversário. Não estamos jogando contra ninguém, estamos jogando contra adversários fortes. Citando exemplo do próximo adversário, o Brasil, na minha óptica, é uma das equipes que mais competem nesse campeonato. Quando falo competir, é que os caras vão para a disputa, vão para a luta". 

"Talvez tenha sido exatamente o que mais faltou para a nossa equipe no jogo passado. Esse também é meu pensamento. Preciso igualar com esses caras na disposição, igualar na vontade, igualar na força, igualar na disputa. E fazer com que isso seja diferencial para que nossa qualidade técnica seja fundamental na hora de resolver o jogo. Já fizemos isso em outros momentos e peço que as mexidas podem engrandecer nossa equipe para que isso volte a acontecer".

Escalação

"Estou fazendo algumas observações, fiz alguns treinamentos até então com outra perspectiva, fortalecimento do meio-campo. Observações para saber em qual posição cada jogador vai jogar, mas a minha intenção é fortalecer mais o meio. Acho que ficamos um pouco vulneráveis no jogo passado, perdemos um pouco da pegada, da força de marcação". 


(Foto: Pei Fon / Portal TNH1)

"Trabalhei com o Yuri, com o Adriano também. O Yuri fazendo uma função um pouco diferente... O Adriano fazendo uma função mais próxima do que o Rodrigo vinha fazendo de primeiro volante. Trabalhei com o Tony também, fortalecendo um pouco mais o meio-campo. Mas ainda não tenho confirmação". 

"Vou ter mais duas sessões de treino. Minha ideia é essa, fazer um meio-campo mais forte, com pegada e que saia em velocidade, que sempre foi uma característica nossa e chegar à frente com qualidade".