Casal de agricultores pede ajuda para alimentar trigêmeas nascidas em Maceió

11/01/2017 - 17:13 - Atualizado em 12/01/2017 - 08:48
Marias nasceram e permanecem no H.U. de Maceió (Crédito: Cortesia ao TNH1)

A luta do casal que deu à luz trigêmeas nessa terça-feira (10) no Hospital Universitário (HU), parte alta de Maceió, parece apenas estar começando. Após uma complicação durante o parto, a mãe, Edna Paz da Silva, de 29 anos, permaneceu da UTI por 24 horas, após o procedimento.

O agricultor Otoniel da Rocha Pimentel, de 31 anos, pai das meninas (chamadas carinhosamente pela equipe médica de ‘três Marias’), explicou que é a primeira gravidez do casal, que está junto há cinco anos. “Vivemos do plantio de macaxeira, inhame e batata”, contou durante entrevista ao TNH1.

O casal vive no povoado Bananal, localizado no município de Viçosa, na Zona da Mata alagoana. “Nos sentimos abençoados, mas agora me preocupo com a saúde das meninas, pois o leite que elas vão precisar é muito caro”, disse. “O estado de saúde das ‘Marias’ requer cuidados, mas está tudo bem, por enquanto”, acrescentou.

Ainda de acordo com Otoniel, além do leite NAN, a família também vai precisar de fraldas. “Ainda não sabemos como vamos viver daqui pra frente, mas toda ajuda será bem vinda”, confessou o pai.

DOAÇÕES

Caso alguém queira ajudar, pode levar doações até a maternidade do Hospital. As trigêmeas estão no apartamento 619. O telefone de contato de Otoniel é (82) 99985-6165. Os dados bancários, da Caixa Econômica, são em nome de Edna: agência 1133 e conta corrente 1689-1, operação 023.

Veja video feito antes do nascimento das ‘três Marias’: