Vídeo: casa passa por vistoria após piso “ferver” em Fernão Velho

17/07/2017 - 15:40 - Atualizado em 17/07/2017 - 17:31
(Crédito: Reprodução / TV Pajuçara)

Após a equipe da TV Pajuçara registrar um fenômeno incomum em uma residência na Rua da Praia, no bairro Fernão Velho, em Maceió, representantes da Defesa Civil e do Serviço de Geologia do Brasil (CPRM) realizaram uma vistoria na manhã desta segunda-feira, 17, para descobrir o que estaria elevando a temperatura do piso da casa. A temperatura já chegou a 40 graus.

O pesquisador e membro do CPRM, Bruno Eudófi, apresentou duas hipóteses para explicar o fenômeno. “Muita matéria orgânica foi acumulada nessas margens. Posteriormente, houve o aterro desse material, que produz gás metano. Com o tempo, esse gás pode ser liberado e chegar à superfície. Outra hipótese também é que neste aterro foi colocado outro material, que é o carboneto, uma substância química que ao reagir com a água produz calor e produz o gás acetileno”, explicou.

Em nenhum dos casos, porém, o especialista analisou que possa existir risco aos moradores da residência. Durante a vistoria, o solo já apresentava um resfriamento.

A próxima etapa dos trabalhos é a perfuração do solo para detectar o problema. O coordenador da Defesa Civil, Dinário Lemos, afirmou que, caso seja necessário, serão instalados filtros para a saída dos gases.

Confira a reportagem: