Cãozinho encontrado com patas amputadas vira símbolo da luta contra maus-tratos

19/06/2018 - 10:59 - Atualizado em 19/06/2018 - 11:06
(Crédito: Reprodução)

Um filhote de cão encontrado com as quatro patas amputadas este mês, em uma mata na cidade de Sapanca, província de Sakarya, na Turquia, virou símbolo da luta contra os maus-tratos a animais no país e agora repercute no mundo.

O cachorrinho foi encontrado por pessoas que costumavam dar alimentos a animais na região de floresta. Ele estava com as patas e a cauda cortadas.

Após receber o primeiro atendimento, o cão foi levado para o veterinário e, em seguida, para um hospital na cidade de Istambul. O filhote iniciou tratamento, mas não resistiu à cirurgia e morreu.

Segundo a investigação, as pessoas que encontraram o filhote o viram enrolado no chão, e as patinhas e a cauda cortadas. Eles ficaram em choque.

As patas foram enfaixadas e enviadas para o hospital de animais em Istambul para tratamento. O veterinário Berktug Farmer constatou que os ferimentos foram provocados por ação humana.

"Ficamos chocados no começo, mas então fizemos um diagnóstico completo, e as radiografias do animal foram levadas para cirurgia. O problema exato do animal foi determinado, e soubemos como ocorreram os cortes e quanto de dano aos ossos foi causado. Tentamos realizar uma operação que protegesse os membros", explicou. No entanto, o hospital anunciou que o cãozinho morreu na cirurgia.

O crime revoltou os protetores dos animais e motivou várias manifestações na Turquia. Um operador de máquinas de construção civil, suspeito de ter sido o autor do crime, foi detido na cidade de Sapanca.

Fonte: Onedio