Chega a quase 500 número de mortos em deslizamento de terra em Serra Leoa

20/08/2017 - 20:23 - Atualizado em 20/08/2017 - 20:23
(Crédito: Agência Brasil)

Cerimônias religiosas foram realizadas em várias localidades de Serra Leoa neste domingo em memória das vítimas de deslizamentos de terra e inundações que atingiram na segunda-feira a capital do país, Freetown, e seus arredores. De acordo com funcionários de hospitais, quase 500 corpos foram retirados dos escombros e da lama desde o início das operações de resgate, na terça-feira. Além disso, mais de 600 pessoas continuam desaparecidas e equipes de resgate já avisaram que as chances de encontrar sobreviventes diminui a cada dia. Vários enterros coletivos ocorreram nesta semana, em meio a chuvas que ameaçavam provocar novos deslizamentos.

Nos últimos dias, o governo do país alertou moradores para deixarem uma área de montanha onde uma grande fenda se abriu. Milhares de pessoas vivem em áreas de risco e a prioridade é garantir que elas deixem esses locais antes que aconteça um novo desastre, disseram autoridades. Grupos de ajuda humanitária estão fornecendo água potável para diminuir o risco de epidemias.

Fonte: Estadão Conteúdo