Sobe para 62 o número de mortos em incêndio florestal

19/06/2017 - 06:04 - Atualizado em 19/06/2017 - 06:31

O Itamaraty divulgou nota hoje para manifestar solidariedade às famílias das vítimas do incêndio florestal ocorrido na região de Leiria, no centro de Portugal. O Ministério das Relações Exteriores (MRE) informou que não há registro de brasileiros entre as vítimas, mas ressaltou que o órgão e o Consulado-Geral em Lisboa estão à disposição para prestar informações e esclarecimentos aos cidadãos.

O incêndio florestal na região central de Portugal começou na noite de sábado (17), e os bombeiros ainda tentavam controlar as chamas na tarde deste domingo (18). Até o momento, 62 pessoas morreram, entre elas, 30 que ficaram presos no interior de seus veículos.

Na nota, o Itamaraty diz que o governo brasileiro recebeu a notícia com "pesar e consternação". "O Brasil manifesta, neste momento de dor, sua solidariedade ao governo e ao povo do país irmão e às famílias das vítimas e faz votos de plena recuperação aos feridos", afirma o comunicado.

Apesar de não haver registro de brasileiros entre as vítimas, o Itamaraty seguirá monitorando a situação por meio do Consulado-Geral em Lisboa. "Indica-se aos cidadãos brasileiros residentes ou em trânsito na região de Leiria, localidade afetada pelo incêndio, que sigam as instruções das autoridades locais, de modo a evitar a exposição a riscos adicionais", diz a nota.