Casal de adolescentes é morto e dois ficam feridos em atentado na porta de casa

25/02/2018 - 07:43 - Atualizado em 25/02/2018 - 07:49
Milena (destaque) tinha 15 anos (Crédito: TV Pajuçara)

Um casal de adolescentes foi morto a tiros e duas pessoas ficaram feridas em um atentado com a participação de oito homens, segundo testemunhas, no conjunto Aldeia do Índio, bairro do Jacintinho, em Maceió, na noite desse sábado (24).

De acordo com informações colhidas pelos militares do Batalhão de Polícia de Eventos (BPE), quatro pessoas estavam em frente à casa da garota, Milena dos Santos Maximino, de 15 anos, quando chegou o grupo armado.

O namorado dela, identificado apenas como Lenilson, de 17 anos, seria o alvo dos assassinos e correu para dentro da casa, mas foi atingido por vários tiros nas costas e na cabeça, e morreu na hora.

Milena foi atingida no tórax e na mão. Ela chegou a ser socorrida por vizinhos e levada para o Hospital Geral do Estado, no Trapiche, mas não resistiu e morreu. Um policial que conversou com o TNH1 por telefone acredita que ela tenha tentado defender o namorado dos tiros.

Além do casal, ficaram feridos o pai da garota, Gilberto Mendes da Silva, com um tiro de raspão, e uma quarta pessoa identificada como Samuel Cícero, baleado na panturrilha. Ambos não correm risco de morte.

A polícia apurou que os autores saíram da Grota do Cigano em direção à Aldeia do Índio para praticar o crime. A família de Milena não soube informar se Lenilson tinha antecedentes criminais ou se era usuário de drogas, mas contou a polícia que eles namoravam há apenas três meses.

O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios.