Delegado diz que tráfico é uma das linhas de investigação de chacina em Coruripe

16/05/2018 - 16:22 - Atualizado em 16/05/2018 - 16:35
(Crédito: Arquivo TNH1)

O delegado da Polícia Civil Gustavo Pires relatou, em conversa com o Portal TNH1, na tarde desta quarta-feira (16), que as investigações sobre a chacina em Pontal do Coruripe, no último sábado (12) seguem a todo vapor e que depoimento de familiares das vítimas estão sendo colhidos nos últimos dias. 

“Nós já ouvimos os familiares e também pessoas próximas deles. Também ouvimos a quinta vítima do atentado, que conseguiu sobreviver após ser baleado. Mas não podemos dar mais detalhes sobre as investigações para não atrapalhar”, limitou-se.

Ainda de acordo com o delegado, dois jovens tinham passagem pela polícia suspeitos de envolvimento com o tráfico de drogas. "Essa é uma linha de investigação, mas também terão outras", acrescentou.

No último sábado, os menores Marcos Antônio Gomes da Silva e Edvaldo Daniel Barros Luiz, ambos de 17 anos, e Riklesson Severo dos Santos, de 18, e Marcos André Ferreira da Silva, de 20, foram mortos a tiros em uma estrada de barro. Um quinto jovem, que não teve o nome revelado, conseguiu sobreviver.