Homem é preso suspeito de aplicar golpes em locadoras de veículos

Com ele a polícia apreendeu um CD com matrizes de vários documentos falsos que poderiam estar sendo usados na falsificação de documentos, inclusive o modelo de uma cédula de identidade funcional da Polícia Civil

13/06/2018 - 12:44 - Atualizado em 13/06/2018 - 13:10
(Crédito: Cortesia)

Um homem foi preso na tarde de ontem (12), no bairro do Osman Loureiro, em Maceió, suspeito de integrar um esquema de estelionato onde, usando documento falso, alugava carros em locadoras pequenas para vender ou entrega-los a desmanches. No material apreendido com ele a polícia encontrou a matriz de uma identidade funcional de agente da Polícia Civil.

ver galeria
1/4

De acordo com a delegada Maria Angelita, titular da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas, o homem foi identificado como sendo José Carlos Januário, e no momento da prisão estava usando uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH) falsa.

“Ele quando foi abordado pela nossa equipe ele tentou sair da situação e apresentou a CNH, que nós constatamos ser falsa. Com ele apreendemos um CD onde tinha várias matrizes de cédulas de dinheiro, CNH e de uma carteira da Polícia Civil para serem usadas na fabricação de documentos falsos”, revelou da delegada.

A delegada suspeita de que ele pode ter usado cédulas de dinheiro falsas e que pode ter falsificados diversos documentos, inclusive cédulas de identidades funcionais de agentes da Polícia Civil.

“Ele locava veículos em locadoras pequenas, com documentos falsos, onde as vítimas não percebiam porque os documentos são muito bem feitos. Então ele locava os carros os levava para outros estados onde acabava vendendo ou desmanchando”, explicou a delegada.

Veja o vídeo com o material apreendido:

A polícia recomendou ainda que pessoas que possam ter sido vítimas de José Carlos Januário devem procurar a Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas, para registrar um Boletim de Ocorrência contra ele. Entre os materiais apreendidos há vários cartões de créditos, inclusive no nome de mulheres, e um carro.