Falsa designer de bolos usava Facebook para aplicar golpes em clientes

17/02/2017 - 07:33 - Atualizado em 17/02/2017 - 08:26

Uma jovem de 27 anos foi indiciada na delegacia do 1° Distrito da Capital, acusada de praticar crime de estelionato através do Facebook. Andréa Carla Nascimento Mendes oferecia o serviço de fabricação de bolos decorados, por meio da página “Dea Bolos Artísticos”, que criou na rede social.

Para atrair clientela, a jovem ofertava os bolos de festas a preços abaixo do mercado.

Pelo menos quatro pessoas estiveram na delegacia para relatar ao delegado Ronilson Medeiros terem sido vítimas do golpe. Mas, existe a informação de que mais de vinte sofreram prejuízos decorrentes da fraude.

Uma das vítimas contou que, em outubro do ano passado, contratou a confecção de um bolo no valor de R$ 230,00, e pagou antecipadamente R$ 115,00, depositados na conta da acusada, que não fez a entrega do produto. Este, aliás, era o artifício usado no golpe. A jovem sempre exigia o pagamento antecipado de metade do valor contratado.

Outra vítima do golpe contratou a fabricação de um bolo de dois andares que aparecia na página do Face. Pagou metade do preço (R$ 125), mas recebeu um bolo de apenas um andar e de péssimo gosto.

Andréa chegou a simular a restituição do dinheiro, fazendo depósitos na Caixa com envelopes vazios. Algumas das vítimas somente chegaram a ser ressarcidas por meio do pai da jovem.

O delegado Ronilson Medeiros alertou à população para que tenha o devido cuidado ao usar as redes sociais para contratar serviços. “É bom que se faça a checagem de que o serviço será realmente realizado e que a pessoa que o oferece merece credibilidade”, completou.

Fonte: Ascom PC