Câncer de mama: Saúde vai triplicar número de exames mais precisos

23/10/2017 - 23:09 - Atualizado em 23/10/2017 - 23:09
(Crédito: Reprodução)

O Ministério da Saúde anunciou nesta segunda-feira (23) que vai triplicar o número de exames mais precisos para diagnosticar o câncer de mama, como punção de mama por agulha grossa, biópsia e anatomopatológico. A portaria foi publicada no Diário Oficial da União hoje.

De acordo com o Governo Federal, serão destinados mais R$ 9,4 milhões por ano para esses atendimentos. Em 2016, foram investidos R$ 4,1 milhões na realização desses procedimentos.

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, prometeu entregar, por exemplo, 100 novos equipamentos de radioterapia em todo o Brasil.

Segundo Barros, esse investimento vai ajudar a identificar a doença de forma precoce. "Quanto mais cedo o diagnóstico, mais chance de cura da doença".

— Precisamos ter mais agilidade na identificação da doença e na resposta dos resultados, para que tenha mais efetividade no tratamento ofertado. Nosso objetivo é garantir maior acesso aos exames que tenham mais resolutividade, de acordo com a indicação médica, no diagnóstico.

Quando diagnosticado na fase inicial, em grande parte dos casos, o câncer de mama tem boas chances de tratamento e cura.

Estima-se que em 2017, 58 mil mulheres terão de câncer mama no Brasil. Obesidade, sedentarismo estão entre os fatores de risco para o desenvolvimento da doença.

Fonte: R7