Como usar o celular como roteador (Android, iPhone e Windows Phone)

21/04/2017 - 10:35 - Atualizado em 21/04/2017 - 18:32

Maceió parou na noite dessa quinta-feira, 21, com um apagão que atingiu praticamente todos os bairros da capital. Pouco tempo após a queda de energia, a redação do TNH1 já havia publicado matéria registrando a falta de luz. Alguns internautas se surpreenderam como a matéria foi feita e publicada mesmo sem energia elétrica, necessária também para a conexão de internet. Como isso foi possível? graças a possibilidade de transformar o smartphone em uma espécie de roteador wi-fi. 

Para dividir a informações com muitos internautas que não sabem esse "segredinho", pesquisamos um texto que explica bem como aproveitar a internet do seu celular em seu notebook ou tablet. A matéria é do portal Tecnoblog. Confira.

O princípio funciona de forma muito simples: a placa do seu dispositivo que é responsável por se conectar à rede Wi-Fi também faz o processo inverso, convertendo a rede móvel para um hotspot Wi-Fi. Assim, você pode usá-lo como roteador para a TV, notebook, computador ou até mesmo outro celular. Vamos aos passos.

Android

Muitos dispositivos com Android dão nomes diferentes para essa função. Alguns chamam de “Roteador Wi-Fi”, outros chamam de “Hotspot Wi-Fi”, “Ponto de acesso móvel” e você pode até encontrar o nome “Ancoragem” ou “roteamento” perto de algum desses títulos. Não se confunda: o princípio é exatamente o mesmo. 

Os passos abaixo foram reproduzidos em um Motorola Moto X (2014), mas valem para todos os dispositivos Android com suporte à função, incluindo vários da Samsung, Motorola, LG, Sony, Alcatel, Asus, Xiaomi, etc. Vamos ao tutorial:

1. Para acessar, basta ir em Configurações > Mais > Roteador Wi-Fi. O seu dispositivo pode colocar direto a opção na tela inicial da página de configurações, sem precisar expandir o menu. O importante é entender que ela sempre vai estar abaixo de Configurações de redes, perto dos menus de Wi-Fi, Bluetooth, Uso de dados e semelhantes.

2. Antes de ativar, você precisa definir um SSID (o nome da rede) e uma senha para conseguir acessar em outro dispositivo. Para conferir, é só ir em Configurar roteador Wi-Fi.

 

 

3. Em Nome da rede, coloque qualquer um de sua preferência, que será o nome do Wi-Fi que aparecerá em outros dispositivos. A Segurança, se você optar por colocar uma senha, pode ser mantida em WPA2 PSK. Na Senha, coloque o que o outro dispositivo irá usar para se conectar ao seu dispositivo (é importante lembrar essa informação).

4. Caso ainda apareça alguma opção a mais, não é necessário alterar nada. No meu, ainda posso mexer em Selecionar banda de AP, nas opções de 2,4 GHz e 5 GHz. A de 2,4 GHz é aceita pela maioria dos dispositivos e funciona bem para curtas distâncias, então optei por deixar nela. Atenção: só ative o roteador em 5 GHz se você sabe que o outro dispositivo que está se conectando tem suporte a essa banda.

5. Depois de tudo, basta ativar a opção Roteador Wi-Fi portátil e se conectar em quantos dispositivos você precisar. É sempre bom manter o celular por perto e ter em mente que esse recurso gasta muita bateria, então faça isso com uma tomada por perto.

Caso você tenha um aparelho da Samsung ou LG, os passos podem ser diferentes, mas o princípio é o mesmo. Abaixo, um vídeo feito pela Samsung do Brasil ensina a ativar o recurso no Galaxy S6. Os passos são os mesmos (e o resultado também).

 

 

 

Você sabia? Roteador por USB ou Bluetooth

Esse recurso também funciona por USB ou Bluetooth. É muito útil porque nem sempre a rede Wi-Fi do seu celular é rápida o suficiente para entregar a internet que você precisa. Se você quiser conectar em um dispositivo específico, pode ser melhor o roteador (ou tethering) por USB.

Essa forma pode ser preferível por dois motivos: o seu celular vai estar carregando enquanto disponibiliza a internet, então não há muitos problemas com a bateria, e, além de funcionar com a rede móvel do seu dispositivo, o recurso pode transmitir até a rede Wi-Fi em que o celular está conectado.

 

Mas por que isso é uma vantagem? Eu explico. A maioria dos computadores e notebooks hoje tem uma placa Wi-Fi de qualidade embutida, então isso não é um problema. Mas se você tiver um computador mais antigo ou que ele tenha problemas no alcance da rede Wi-Fi, essa alternativa pode ser uma boa opção. Eu mesmo já usei quando o meu desktop estava longe do roteador, já que ele não tem placa Wi-Fi.

E como faz para ativar? O princípio é quase o mesmo. Basta ir em Configurações > Mais > Roteador Wi-Fi e ativar a opção Vínculo por USB (tethering). Depois, é só conectar o celular por USB no computador e esperar um pouco. No Windows, o celular irá instalar um driver automaticamente. No OS X, você precisará baixar o HoRNDIS, que ativa esse recurso (mas cuidado: ele não é compatível com o OS X 10.11 El Capitan).

iPhone/iPad

Usuários de iOS também podem aproveitar dessas funções acima. E não é difícil. Nessa plataforma, a Apple chama o roteador Wi-Fi de Acesso Pessoal. É em só em um menu que se encontram as opções para compartilhar sua internet por Wi-Fi, USB ou até mesmo Bluetooth. Vamos aos passos:

Entre em Ajustes > Acesso Pessoal. Fica logo no primeiro bloco, localizado com um ícone verde com dois elos conectados. Tenha certeza que os seus dados móveis estejam ativados na seção Celular.

 

1. Depois, é só configurar a senha da conexão clicando em Senha Wi-Fi. Lá, o nome também poderá ser alterado. Mantenha essas informações em mente na hora da conexão.

2. O próprio iOS oferece instruções para conectar à sua rede por qualquer tipo de conexão. É só seguir as dicas listadas abaixo da senha e usar no computador, tablet ou até mesmo em outro celular.

 

No iOS, é interessante que você tem acesso a quantas conexões existem no seu dispositivo. Então você pode ver se muita gente está conectando à sua rede e desativar, caso não queira gastar muitos dados. As informações ficam sempre na barra de notificações, agora azul, com o nome de Acesso Pessoal.

Se você tiver mais alguma dúvida, esta página do suporte da Apple esclarece todas as informações que você precisa saber sobre usar o seu iPhone como um roteador, como SSID, banda de conexão e segurança.

Windows Phone

Para usuários de Windows Phone (Lumia), o princípio é o mesmo, mas o recurso tem nome de Compartilhamento de Internet na plataforma. Siga as instruções abaixo:

 

 1. Na tela inicial, vá para o menu de aplicativos e clique em Configurações.

2. Depois, na aba Sistema, clique em Compartilhamento de internet.

3. Você precisará configurar a conexão na tela de Configurar. Lá, você pode escolher o Nome da transmissão, que será o que aparecerá para os outros dispositivos, e a Senha. Em Tipo de segurança, você também pode escolher por não colocar nenhuma senha. Caso deseje, é bom deixar essa opção em WPA2

No Windows Phone 8.1, essa opções podem ser acessadas ao clicar no pequeno lápis de edição do rodapé da tela.

4. Quando você terminar a configuração, basta definir o Compartilhamento como Ativado, deixando o retângulo preenchido. É importante dizer que o nome de transmissão ou a senha não podem conter os seguintes caracteres: “&'<>.

Se você tiver algum problema, a Microsoft também oferece boas páginas de ajuda para usuários de Windows Phone 7 e Windows Phone 8. As páginas ensinam também como ativar o compartilhamento da internet por Bluetooth.

Conseguiu realizar os passos acima no seu celular? Já está compartilhando a sua internet?

Fonte: TNH1 com portal Tecnoblog