Polícia

'A família nunca vai se conformar', diz pai de Sandra Morais, desaparecida há 7 meses

Dayane Laet | 04/02/20 - 09h48 - Atualizado em 04/02/20 - 10h10
Arquivo Pessoal

O caso da menina Sandra Silva Melo de Morais, de 15 anos, que desapareceu a caminho da escola na Zona Rural de Viçosa, interior de Alagoas, em julho do ano passado, segue sem desfecho sete meses depois.  

O pai da menina, Ildo Melo de Morais, lamentou que as investigações não tenham avançado. “Não tem um dia que a gente não lembre de Sandra, a família nunca vai se conformar”, lamentou o trabalhador rural.

Sandra desapareceu durante a tarde do dia 17 de julho e não foi mais vista. Na época, a investigação da delegacia regional apontava que ela caminhou até as proximidades da casa de um tio e de lá ela desapareceu. 

Preso por ter estuprado a irmã de Sandra, José Taciano da Silva, 38 anos, chegou a ser preso mas negou ter tido contato com a sobrinha. Na época, ele revelou que mantinha um relacionamento extraconjugal com a cunhada, mãe das meninas.

O TNH1 tentou contato com o delegado responsável pelo caso, Guilherme Sillero, para saber se as investigações avançaram, mas as ligações não foram atendidas.