Mundo

Adolescente descobre tumor na cabeça depois de crises de tontura

Metrópoles | 21/07/22 - 17h09
Reprodução/Arquivo Pessoal

Um adolescente do Reino Unido acreditava que estava com ansiedade por conta de suas constantes crises de tontura. Jayce Robinson, que hoje tem 15 anos, costumava se sentir mal e perder o equilíbrio em momentos de tensão. Por ser atlético e bastante ativo, não imaginava que seu problema era físico e não emocional.

A mãe do rapaz, Kirsty, conta que o garoto começou a apresentar os sintomas aos 13 anos. Jayce era atacante de um time de futebol, mas, de uma hora para outra, seu desempenho começou a cair. “Ele mal conseguia jogar, não se concentrava no que estava acontecendo e dizia que sempre tinha a sensação de que iria cair”, relatou a mãe ao jornal britânico The Sun.

Os sintomas, que se manifestavam em momentos de tensão, foram atribuídos à ansiedade ou enxaqueca crônica. Entretanto, os episódios passaram a ocorrer com mais frequência, acrescidos de náuseas e dificuldades de audição.

Em dezembro do ano passado, Jayce desmaiou durante uma aula de educação física. Dias depois, o episódio se repetiu durante uma partida de futebol. “Deram remédios de enjoo e disseram que poderia ser vertigem ou ansiedade. Eu ficava muito chateada e, ao mesmo tempo preocupada, por não poder explicar ao meu filho o que ele tinha realmente”, afirmou Kirsty.

Diagnóstico correto - O diagnóstico correto só viria após um exame de imagem. A equipe do hospital encontrou um tumor grande no lado esquerdo da cabeça do rapaz. Em maio, ele passou por uma cirurgia de 16 horas para retirar a neoplasia e, embora o risco de complicações fosse alto, o adolescente se manteve confiante.

Com o procedimento, Jayce perdeu a audição na orelha esquerda, uma vez que os cirurgiões tiveram que furar a região para remover o tumor. Além disso, parte de seu rosto ficou paralisado, mas os médicos têm esperança de que ele recobre os movimentos nos próximos meses.