Brasil

Adolescente é suspeito de matar os próprios irmãos de 2 e 4 anos no Rio de Janeiro

Metrópoles | 27/10/21 - 09h08 - Atualizado em 27/10/21 - 09h39
Reprodução / Redes Sociais

Ciúmes da mãe e ódio do padrasto foram a motivação para um adolescente de 16 anos suspeito de esganar os irmãos de 2 e 4 anos e, em seguida, atear fogo nas crianças, em Maricá, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. A informação foi divulgada pela Polícia Civil nessa terça-feira (26/10), um dia após o crime.

De acordo com as investigações, o jovem se aproveitou do momento em que estava sozinho com Valentim e Vicente e os atacou. Os pequenos não resistiram aos ferimentos e morreram no local. A mãe havia saído para comprar biscoitos perto de casa, no bairro Cordeirinho, e encontrou os filhos em chamas ao retornar à residência.

A polícia informou que o adolescente vai responder por fato análogo ao crime de homicídio qualificado por motivo fútil. Ele foi levado a uma unidade do Departamento de Ações Socioeducativas (Degase). O nome do rapaz não foi divulgado.

Quando a Polícia Militar e a mãe chegaram ao local, o jovem não foi localizado. Momentos depois, vizinhos o encontraram na região e o conduziram a uma unidade policial.

A mãe das crianças e do adolescente, que não teve a identidade revelada, passou mal e recebeu atendimento médico da equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) que estava no local.

O caso foi inicialmente registrado na 82ª DP (Maricá) e, depois, transferido para a Delegacia de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSG).