Mundo

Alec Baldwin apontava para câmera quando arma disparou, diz depoimento

Metrópoles | 25/10/21 - 10h13
Reprodução / Instagram

O ator Alec Baldwin apontava a arma para a câmera no set do filme Rust quando o revólver disparou e atingiu a diretora de fotografia Halyna Hutchins no peito, causando sua morte. A afirmação foi feita durante depoimento do diretor do filme, nesse domingo (24/10).

De acordo com autoridades de Santa Fé, no Novo México (EUA), Baldwin recebeu a arma e disse que ela estava descarregada.

“Joel (Souza, diretor do filme) disse que estava olhando por cima do ombro de Hutchins, quando ouviu o que parecia um chicote e um estalo alto”, diz o depoimento.

A diretora de fotografia foi baleada na região do peito. “Joel então se lembra vagamente de que ela reclamou de dor no estômago e agarrou a barriga. Ele também disse que Hutchins começou a tropeçar para trás até ser ajudada”, completa o depoimento.

Já Reid Russel, cinegrafista que estava ao lado de Halyna no momento em que ela foi baleada, afirmou em depoimento que ela dizia não conseguir sentir as pernas.

Investigações - Halyna Hutchins, de 42 anos, foi atingida por um tiro disparado por uma arma cenográfica. Ela chegou a ser levada para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos. Joel Souza também foi hospitalizado por conta de um tiro no ombro, mas já recebeu alta.

A arma que o Alec Baldwin disparou foi entregue ao ator por um assistente de direção que garantiu que a pistola era segura, segundo informações presentes num pedido de busca e apreensão, autorizado pela Justiça de Santa Fé, na última sexta-feira (22/10).