Política

Anatel autoriza bloqueio de sinal perto de Bolsonaro e Mourão

Metrópoles | 15/10/19 - 17h11 - Atualizado em 15/10/19 - 20h23
Hamilton Mourão e Jair Bolsonaro | Valter Campanato/Agência Brasil

Sob o guarda-chuva do general Augusto Heleno, o Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência da República poderá bloquear sinais de celulares ao redor de onde estiverem o presidente Jair Bolsonaro (PSL) e o vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB).

A autorização foi dada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). A medida foi solicitada pelo próprio GSI.

O gabinete vai usar aparelhos específicos para bloquear os sinais onde Bolsonaro e Mourão “trabalhem, residam, estejam ou haja iminência de virem a estar”. O uso de bloqueadores, de acordo com autorização da Anatel, poderá ser feito por um perímetro de até 200 metros de onde as autoridades estiverem.

O bloqueio, contudo, não poderá acontecer o tempo todo, de acordo com a agência. Apenas em “operações específicas, episódicas, urgentes e temporárias”