Mundo

Após a fama, Golpista do Tinder cobra R$ 100 mil para ir em festas

Metrópoles | 28/02/22 - 13h35
Foto: Reprodução/ Redes Sociais

Conhecido internacionalmente como o Golpista do Tinder, Simon Leviev está aproveitando a fama conquistada após ter a história contada em documentário da Netflix. Após contratar uma agente e tentar carreira em Hollywood, o “trambiqueiro” passou a cobrar caro para fazer presença VIP em festas.

De acordo com o site TMZ, os valores pedidos pelo israelense ultrapassam US$ 20 mil, cerca de R$ 100 mil, apenas para estourar bebidas em boates. Apesar do alto preço, o número de contratantes não para de crescer e Simon tem convites para aparecer em eventos de clubes noturnos nos Estados Unidos.

O dinheiro não é a única exigência do Golpista do Tinder. Ele também solicitou um jatinho particular, uma suíte em um hotel 5 estrelas, dois seguranças em tempo integral e uma SUV (veículo esportivo) preta.

Na produção da Netflix, Simon Leviev é acusado de extorquir milhares de mulheres em um aplicativo de namoro e chegou a ser preso por estelionato. Para as vítimas do golpista, Simon Leviev está querendo ter o estilo de vida luxuoso que fingia ter no Tinder.