Brasil

Após briga de trânsito, advogado atira nove vezes contra motorista de app no DF

Metrópoles | 23/11/20 - 13h33
Reprodução / PMDF

Uma briga de trânsito no Distrito Federal acabou na delegacia na madrugada desta segunda-feira (23/11). Dois homens se desentenderam nas proximidades de uma casa de shows localizada às margens da Estrada Parque Núcleo Bandeirante (EPNB). A confusão, que envolveu um motorista de aplicativo e um advogado, acabou em tiroteio. Ninguém ficou ferido.

Segundo a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), o advogado teria feito uma manobra e quase batido o carro contra o veículo do motorista de app, que aguardava por uma corrida do lado de fora da casa de festas. Ao ser repreendido, o bacharel em direito teria partido para cima do outro condutor, com uma faca em mãos. Assustado, o profissional de aplicativo de transporte se trancou dentro do automóvel.

O autor da manobra perigosa, então, teria arremessado uma faca no para-brisa do carro do motorista de app. Após o ataque, o advogado entrou no veículo e saiu do local. Em seguida, o condutor do automóvel atingido pelo objeto perfurocortante foi atrás do bacharel.

Já em Vicente Pires, o advogado entrou em um condomínio. O motorista de app ficou do lado de fora, na Rua 12, conseguindo entrar a pé, posteriormente.

De acordo com a Polícia Militar, o advogado pegou uma pistola Glock e, ainda de dentro de casa, efetuou cerca de nove disparos contra o profissional de aplicativo de transporte, que correu e conseguiu deixar o condomínio. O autor do ataque saiu do imóvel, correu atrás do desafeto e teria dado outros tiros na direção do motorista de app, que acabou acionando a corporação.

Quando os militares chegaram ao local, deram início à Operação Gerente e passaram a negociar para que o advogado se entregasse. Após a intervenção da PMDF, o bacharel em direito se rendeu e foi conduzido à 12ª Delegacia de Polícia (Taguatinga).