Futebol Nacional

Após derrota na Libertadores, Renato não é mais técnico do Flamengo

Metrópoles | 29/11/21 - 14h24
Alexandre Vidal / Flamengo

Chegou ao fim o casamento entre Renato Gaúcho e Flamengo. Ainda em Montevidéu, após a derrota para o Palmeiras na final da Libertadores, o técnico colocou o cargo à disposição, se dizendo incomodado com a “perseguição” para dar continuidade em seu trabalho. Nesta segunda (29/11), o Flamengo oficializou o rompimento.

“Se hoje o Flamengo tivesse ganho, as pessoas teriam me perguntado se eu ia renovar o contrato para o ano que vem. Eu já to vacinado quando a isso no Brasil. Amanhã todo mundo vai criticar. No Brasil só é bom quem ganha”, disse um abatido Renato na entrevista coletiva após a partida.

Renato chegou ao Flamengo em julho, para substituir Rogério Ceni. Ele começou a sofrer críticas pelo futebol apresentado, críticas que só aumentaram pelos resultados negativos. Além da Libertadores, o Rubro-Negro foi eliminado de forma acachapante pelo Athletico-PR da Copa do Brasil e não conseguiu manter a competitividade no Brasileiro, vendo o Atlético-MG disparar.