Polícia

Assomal repudia ameaças sofridas pelos militares do 4º Batalhão

01/07/16 - 07h36 - Atualizado em 01/07/16 - 07h37
Assessoria

A diretoria da Associação dos Oficiais Militares de Alagoas (Assomal) declarou apoio aos policiais militares do 4º Batalhão da PM, que fica no bairro do Farol, em Maceió, e repudiou as ameaças que eles têm recebido, até pelas redes sociais. A denúncia foi divulgada pelo TNH1.

E leia também: Vídeo: preso teria ordem para matar policiais militares do 4º Batalhão

A Assomal lembra que oficiais e praças têm sido afrontados nas redes sociais, depois que as operações foram intensificadas naquela região. Em razão das graves ameaças, alguns militares estão afastados do serviço.

O presidente da Assomal, major Wellington Fragoso, lembra que a falta de efetivo gera sérias consequências no trabalho, já que os militares precisam atuar mais na repressão do que na prevenção, e defende. “Se o Governo colocasse em prática o incentivo do abono permanência e serviço voluntário remunerado, iríamos ampliar o efetivo dos Batalhões e teríamos mais força para combater a criminalidade”.