Mundo

Avião para 100 passageiros saiu do Afeganistão com mais de 800 pessoas

Metrópoles | 20/08/21 - 20h46
Reprodução / Twitter / @AirMobilityCmd

Em fuga da capital afegã, Cabul, após a tomada de governo do Afeganistão, 823 pessoas embarcaram em um avião militar americano, no último domingo (15/8). A princípio, autoridades calculavam que 640 pessoas estavam a bordo, mas a informação foi corrigida pelo Pentágono, nesta sexta-feira (20/8).

A imagem do avião C-17 Globemaster III rodou o mundo e mostra uma multidão dentro da aeronave. A capacidade do veículo é de apenas 100 pessoas, muito menor do que o número de passageiros na data. Segundo o Pentágono, houve alteração no cálculo de passageiros divulgado inicialmente em função das 183 crianças que não haviam sido registradas.

“Nós temos mulheres e crianças a bordo e as vidas das pessoas estão em jogo. Não é sobre a capacidade ou regras e regulamentos – é sobre treinamentos e orientações que nós fomos capazes de administrar para garantir que podíamos transportar o maior número de pessoas de forma segura e efetiva”, disse o coronel Eric Kut, que comandava o voo, ao Bangkok Post. A aeronave pousou no Qatar, mais de duas horas após a partida.