Política

Bolsonaro: às vezes, Mourão “atrapalha um pouco, mas tem que aturar”

Metrópoles | 26/07/21 - 18h53
Metrópoles

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse nesta segunda-feira (26/7) que, por vezes, o vice-presidente, Hamilton Mourão (PRTB), “atrapalha um pouco” o governo.

Em entrevista à Rádio Arapuan, da Paraíba, o chefe do Executivo federal afirmou, no entanto, que “vice é igual cunhado”: “Tem que aturar”.

“O Mourão faz o seu trabalho, tem uma independência muito grande. Por vezes aí atrapalha um pouco a gente, mas o vice é igual cunhado, né. Você casa e tem que aturar o cunhado do teu lado. Você não pode mandar o cunhado embora. Então, estamos com Mourão, sem grandes problemas, mas o cargo dele é muito importante para agregar aí… Dele, não, o cargo de vice é muito importante para angariar simpatias quer seja para candidatura à Presidência, governador ou prefeito”, declarou Bolsonaro.

O presidente e o vice têm se afastado em dois anos e meio de governo. Recentemente, Mourão chegou a dizer que “sente falta” de se reunir com o mandatário do país. No início do mês, Bolsonaro disse que “vice bom é aquele que não aparece”.

O capitão reformado do Exército e o general têm tido algumas posições diferentes, o que, segundo interlocutores, não tem agradado o chefe do Executivo federal.

Em outubro, por exemplo, após Bolsonaro dizer que o Brasil não compraria a vacina produzida pelo laboratório chinês Sinovac, Mourão foi na contramão.

“Lógico que vai” [comprar], respondeu o vice, afirmando que a polêmica sobre qual vacina adquirir se tratava apenas de uma “briga política” com o governador de São Paulo, João Doria (PSDB).