Mundo

Líder de grupo de veados, burro já matou onça e coiotes para defender nova família

João Victor Souza | 21/06/24 - 11h12
Reprodução/Video

A saga do burrinho "Diesel" ainda traz histórias surpreendentes. O animal que estava desaparecido há cinco anos viralizou nesta semana depois de um vídeo mostrar ele liderando um grupo de veados na Califórnia, nos Estados Unidos. Os antigos tutores revelaram que o burro já matou onça-parda e coiotes para proteger a nova família. A informação foi dada em entrevista à CBS News.

O burro Diesel foi encontrado em março deste ano pelo caçador Max Fennel. As imagens (veja abaixo) dele entre os veados, feitas pelo caçador, ganharam a internet. O animal havia fugido dos donos Terrie e Dave Drewry no ano de 2019, após se assustar com uma onça-parda na região de Cache Creek.

“Foi incrível. Foi tipo, oh meu Deus. Finalmente, nós o vimos. Finalmente, sabemos que ele está bem. Ele está vivendo sua melhor vida. Ele está feliz. Ele está saudável e foi apenas um alívio”, contou Terrie.

Os antigos tutores, apesar da saudade, decidiram deixá-lo viver na natureza, após sentirem que a adaptação dele foi boa e que ele está feliz entre os novos amigos. “Em um mundo perfeito, com certeza, adoraríamos tê-lo em casa, mas o fato é que ele está correndo solto e livre com aquele rebanho de alces e ganhou sua liberdade”, disse, à Inside Edition.

Diesel tem cerca de oito anos, segundo Terrie. A expectativa de vida dos burros é de 30 a 40 anos.