Gente Famosa

Carolina Ferraz lembra assassinato do pai há 40 anos: “Seis tiros”

Metrópoles | 28/01/22 - 16h14
Reprodução

Carolina Ferraz participou do Link Podcast, canal do YouTube comandado por Reinaldo Gottino, na última quarta-feira (26/1). Entre tantos assuntos, a apresentadora relembrou do assassinato de seu pai há 40 anos atrás.

A atriz começou contando que tudo aconteceu após um embate de seu patriarca com um companheiro de negócios. “Meu pai foi assassinado com seis tiros, uma história muito violenta, trágica. Estouraram a cabeça do meu pai, uma loucura. Ele teve que ser enterrado com caixão fechado, olha que coisa! Foi um ex-sócio do meu pai, ele devia dinheiro para o meu pai, aí começaram a se desentender em relação a esse pagamento”, contou ela.

Carolina continuou contando que sua família já tinha planos de ir para fora do país. “Passou um ano, meu pai sofreu um atentado. Ele ia fazer uma pós-graduação, a família ia passar dois anos fora e nós desistimos dessa pós por causa do atentado. Ele falou: ‘não posso sair, agora preciso ficar’. Seis meses depois, ele foi assassinado saindo do escritório onde trabalhava. Eu tinha 14 anos na época”, relembrou a artista.

Surpreso com as palavras de sua convidada, Reinaldo Gottino perguntou se houve justiça no caso. “Nunca houve nada, nunca aconteceu nada. O cara não está vivo, infelizmente. Até infelizmente mesmo, pois não desejo mal nenhum a ninguém. Ele nem sequer foi a julgamento”, finalizou Carolina Ferraz.