Mundo

Caso Petito: testemunha denunciou agressão de noivo contra influenciadora

Metrópoles | 21/09/21 - 22h12
Moab City Police Department

Uma ligação de emergência foi feita em 12 de agosto para a polícia denunciando agressões de Brian Laundrie contra Gabby Petito, influenciadora desaparecida desde 11 de setembro. Laundrie é o principal suspeito pela morte da noiva e foi visto pela polícia pela última vez em 14 de setembro. Na ligação, obtida pela Fox News, a testemunha afirma que o homem estava “batendo na garota”. “Eles correram para cima e para baixo na calçada. Então, ele começou a bater nela, eles entraram no carro e foram embora”, diz o denunciante.

Imagens de uma guarda do Parque Nacional Arches, em Utah, abordando Petito e seu noivo na mesma data também foram obtidas pela investigação. Na gravação (imagem em destaque), a jovem aparece chorando enquanto a guarda questiona os dois. Segundo o jornal DeseretNews, a equipe de segurança abordou o casal após receber uma denúncia de violência doméstica de um visitante do parque.

No último domingo (19/9), o FBI afirmou que um corpo “provavelmente” de Petito foi encontrado na região. Apesar de não ter sido acusado, o noivo é considerado “pessoa de interesse” e é procurado por ocultar informações da investigação. Nessa segunda-feira (20/9), agentes do FBI fizeram uma operação de busca e apreensão na casa dele.