Maceió

Cavalo morto há 4 dias continua no mesmo local e causa mau cheiro no Benedito Bentes

Redação TNH1 | 08/01/21 - 13h24 - Atualizado em 08/01/21 - 13h51
Cortesia ao TNH1

Um morador do Benedito Bentes, parte alta de Maceió, denunciou que a carcaça de um cavalo que morreu ao cair numa fossa de 15 metros, na última segunda-feira (4) ainda não foi retirada. 

Segundo relato do morador, militares do Corpo de Bombeiros chegaram a tentar retirar o animal, que morreu no local, mas não conseguiram devido às dificuldades e a profundidade da fossa. Ainda de acordo com o morador, uma equipe da Superintendência de Limpeza Urbana de Maceió (Slum) esteve no local na última terça-feira (5) para soterrar o buraco, mas como há um vazamento de água que flui diretamente para a fossa, a ação não teria surtido efeito e o forte mau cheiro tem incomodado os residentes do bairro. 

O cidadão disse ainda que a orientação passada pela equipe da Slum é de que o proprietário do animal morto deveria soterrar a fossa. 

No dia da ocorrência, o Corpo de Bombeiros chegou a relatar que o animal tinha sido retirado já sem vida do buraco. O TNH1 entrou em contato com a assessoria do Corpo de Bombeiros para saber o que de fato aconteceu. Segundo a assessoria, o comandante da Guarnição afirmou que realmente o animal foi deixado dentro da fossa. "Estamos tentando entender o que gerou tal equívoco no preenchimento do relatório", disse a assessoria.

Sobre o relato do morador em relação à equipe da Slum, a assessoria de comunicação da Prefeitura de Maceió informou que será enviada uma nota com o posicionamento da Superintendência de Limpeza Urbana de Maceió. A matéria será atualizada assim que houver resposta.