Nordeste

Ceará: missa do padroeiro é realizada pela primeira vez a portas fechadas

Diário do Nordeste | 19/03/20 - 20h02
Foto: Reprodução / Facebook

NotíciaA missa em celebração a São José, padroeiro do Ceará, foi realizada pela primeira vez a portas fechadas, na Catedral Metropolitana de Fortaleza, na manhã desta quinta-feira (19), feriado estadual. A decisão se deu com o objetivo de evitar aglomeração e proliferação do novo coronavírus (Covid-19).

O evento foi celebrado pelo pároco, padre Clairton Alexandrino, e contou ainda com a presença do ministério de música, para os cânticos, e leitores, além da imprensa - cerca de 15 pessoas. A missa foi transmitida ao vivo pela página da Arquidiocese de Fortaleza na rede social Facebook, com até 125 pessoas online.

"Infelizmente, nós estamos presenciando algo que nós nunca podíamos imaginar, que, em pleno Dia de São José, sua catedral estivesse de portas fechadas. Mas é a vida. Nós estamos diante de um acontecimento novo, que precisamos interpretá-lo da forma mais adequada possível", pondera o padre Clairton Alexandrino.

O dia 19 de março marca o último dia do novenário de São José. Devido o decreto do Governo do Estado de proibir a realização de eventos com mais de 100 pessoas, as paróquias de Fortaleza suspenderam a passeata que aconteceria nesta quinta-feira e algumas missas.

"A Igreja está sujeita às leis do País que ela se insere. É para o bem do povo. Cai muito bem com o sentido da Campanha da Fraternidade desse ano, que é 'Viu, sentiu compaixão e cuidou dele'. Então, é uma forma de cuidar da saúde do outro, evitar aglomerações", afirma.

Fiéis lotam igreja no Cariri

Em contrapartida, fiéis lotaram a Capela de São José, no Município do Crato, para celebrar o santo, nesta quinta-feira (19). Idosos (considerados grupo de risco para adquirir Covid-19) foram até a Capela. E houve comunhão, sem distanciamento entre as pessoas.

Casos no Ceará

Subiu para 20 o número de casos confirmados de coronavírus no Ceará, segundo boletim epidemiológico da Secretaria da Saúde (Sesa), divulgado nesta quarta-feira (18). Nesta terça (17) eram 11 confirmações. Os três primeiros casos foram confirmados no domingo (15).