Futebol

Com Everton na ponta, quarteto do Flamengo quebra recordes de jogos

Metrópoles | 26/11/21 - 23h08
Wagner Meier / Reprodução

Além da grande ansiedade que cerca uma final de Libertadores, a decisão entre Flamengo e Palmeiras pode representar ainda mais para quatro rubro-negros: Diego Alves, Diego Ribas, Everton Ribeiro e Willian Arão. Os quatro atletas representam a atual geração no Top-5 dos que mais jogaram pelo Flamengo na competição internacional. Se tudo correr dentro da naturalidade, aumentarão ainda mais seus números neste sábado (27/11), às 17h, contra o Palmeiras, no Centenário.

Em segundo lugar com 37 jogos, Everton Ribeiro ficará apenas 10 partidas atrás de Júnior, um dos maiores nomes da história do Flamengo, e líder do ranking. O ex-jogador da geração de 81 atuou em 48 partidas na Copa Libertadores. Logo em seguida, aparecem Willian Arão, com 36, e os Diegos, 34 cada.

Durante a edição deste ano, os atletas deixaram para trás nomes como Adílio (33) e Leandro (29). O domínio do ranking pela atual geração concede a real dimensão da história que o grupo campeão de 2019 tem construído. Protagonistas de um enredo recente, marcante e inesquecível na memória da torcida que, até pouco tempo, alimentava-se de nostalgia e de um sonho praticamente impossível de ser revivido. Vale lembrar que Diego Alves, Diego Ribas, Everton Ribeiro e Arão têm grandes chances de somarem ainda mais partidas na competição e dominarem o topo da lista sozinhos, visto que os contratos deles não terminam nesta temporada.

Diego Ribas e Diego Alves acertaram a renovação no último mês e integram o elenco por mais uma temporada. O camisa sete tem vínculo com o Mais Querido até 2023, e mesmo com propostas na mesa, ‘Miteiro’ é peça fundamental no time e a diretoria não pretende se desfazer do ídolo. Entre os quatro, Willian Arão é o mais antigo no elenco e também possui o contrato até 2023. O volante chegou a 300 jogos em maio deste ano e é titular absoluto no meio-campo.

Mais jogos pelo Flamengo na Libertadores:

1-Júnior (48);
2-Everton Ribeiro (37);
3-Leonardo Moura e Arão (36);
4-Diego Ribas e Diego Alves (34)
5-Adílio (33);
6-Leandro (29);
7-Renê (28).