Nordeste

Confronto entre grupos criminosos causa pânico a moradores no CE

Diário do Nordeste | 21/08/19 - 13h35
Reprodução

Um confronto entre dois grupos causou pânico a moradores na Praça da Esperança, no Bairro Conjunto Ceará, em Fortaleza, na noite desta terça-feira (20).

Um homem foi espancado e uma criança ficou ferida na "noite de terror" que teve até bomba de pregos, segundo testemunhas. O confronto, segundo quem presenciou a cena, foi entre torcedores.

Um morador disse que acionou a polícia denunciando um grupo com cerca de 50 pessoas consumindo drogas. Uma viatura foi ao local mas, após a equipe sair, o grupo rival chegou e a confusão começou.

Uma câmera de segurança registrou o momento em que os dois grupos brigam. Nas imagens, é possível ver pessoas jogando pedeas umas contra as outras e muitos saem correndo de um lado para o outro.

Criança atingida e homem espancado

"Tinha uma criancinha de 7 anos de idade. Eles vieram e jogaram uma pedra e, no que jogaram, pegou uma pedra na criança. Todo mundo correu, todo mundo ficou apavorado", disse um morador. 

Testemunhas também relataram que um dos homens que estava na confusão foi espancado. "Vi o rapaz na calçada caído e outros pisoteando ele. Tinha muitos torcedores misturados jogando pedras, paus, coisa que a gente nunca viu", afirmou a dona de casa Isabel Rocha. 

Em nota ao Diário do Nordeste, a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que a Polícia Militar do Ceará (PMCE) foi acionada"para conter um tumulto causado por torcedores no bairro Conjunto Ceará". Segundo o órgão, uma vítima foi levada por populares para uma unidade hospitalar.

"Durante a ação, três homens que estavam no local da ocorrência foram conduzidos ao 32º Distrito Policial, onde foram ouvidos e liberados", explciou a SSPDS. O caso será investigado pelo 12º Distrito Policial.

Briga na Jacarecanga

Na semana passada houve um caso semelhante na Avenida Filomeno Gomes, no Bairro Jacarecanga. Um confronto entre grupos rivais terminou com quatro homens presos e um adolescente ferido. Conforme a Polícia Militar (PM), os agentes foram acionados após cerca de 20 pessoas se reunirem no local e começarem uma confusão com pedaços de madeira e pedras.

"