Brasil

Covid: homem tem alta após 17 dias internado e descobre morte dos pais

Metrópoles | 19/03/21 - 22h40
Arquivo pessoal

Após passar 17 dias internado por conta do Covid-19, Elyton Prado de Souza, de 41 anos, não conseguiu comemorar a alta como gostaria. O homem descobriu, assim que saiu do hospital, que havia perdido os pais para a doença.

“Sempre falava que se precisasse dar minha vida por eles eu daria. Não tive condições de velar meus pais, foi a coisa mais difícil para mim”, desabafou, em entrevista ao UOL. Prado estava internado no Instituto de Traumatologia e Ortopedia, em Rio Branco (AC), e voltou para casa na última terça-feira (16/3). “O legado que meus pais deixaram, vou passar para meus filhos, que precisam de mim. Preciso me recuperar”, afirmou.

A mãe de Prado, Maria das Graças Prado de Souza, morreu em 6 de março, com 71 anos. O pai, Edmilton Daniel de Souza, faleceu, com 71 anos, 5 dias depois.

A primeira pessoa da família a ser infectada foi a Maria das Graças. Ela ficou sete dias internada esperando ser transferida para uma UTI, mas acabou falecendo. O marido não chegou a ser informado da morte da esposa.