Maceió

Cratera volta a ceder com chuvas, casas são atingidas e moradores relatam medo no São Jorge

João Victor Souza | 17/04/21 - 14h10 - Atualizado em 17/04/21 - 14h35
Cortesia ao TNH1

A cratera localizada na rua Princesa Diana, em São Jorge, voltou a ceder com as chuvas que caíram na capital alagoana nessa semana e três casas que estavam desocupadas foram parcialmente destruídas.

Segundo os moradores da área, a cratera apareceu há anos e o período chuvoso sempre agrava o problema. Desde a última quinta, a erosão consome o espaço e outros imóveis estão em situação de risco.

O radialista Josivan Silva, que reside na região, contou à reportagem que três famílias estão deixando as residências neste sábado com medo de um novo desabamento. 

"Ainda bem que as casas atingidas não estavam com famílias, não tinham móveis, já estavam desocupadas. Mas há três famílias que moram perto da cratera que estão se mudando hoje, estão deixando suas casas por causa disso", disse.

"Era uma escadaria antigamente, só que nunca foi cuidada pelos órgãos competentes. Com as chuvas formou-se um grande buraco, uma grande cratera, e os moradores convivem com isso há mais de três anos", completou.

O morador também afirmou que a população já acionou a Defesa Civil Municipal e a Prefeitura, porém nada foi feito. "A gente até desiste de chamar, porque eles não vêm", reclamou.

Defesa Civil vai vistoriar casas em situação de risco

A Defesa Civil informou ao TNH1, neste sábado, que já esteve na localidade três vezes neste ano e que as casas atingidas nessa semana haviam sido desocupadas após avaliação do órgão. Na ocasião, elas foram vistoriadas e houve a orientação para as famílias saírem do local.

O órgão também destacou que o problema com a erosão existe desde 2013 e que há outras residências na parte baixa da grota que estão em situação de risco. Elas serão vistoriadas pela Defesa Civil na próxima segunda-feira (19).

Como acionar a Defesa Civil?

Para acionar a Defesa Civil,  a população deve fazer contato no 199 e comunicar situações de risco ou emergência. A Defesa Civil recomenda que as famílias que moram em áreas de risco busquem abrigos seguros e, em caso de necessidade, acionem o serviço.

O órgão recomenda ainda que a população se cadastre para receber mensagens sobre alertas emitidos pelo órgão por mensagens SMS. Para isso, basta enviar uma mensagem de texto para o número 40199. No campo da mensagem basta escrever o número do CEP da sua residência.