Alagoas

Criança que sofreu queimaduras após explosão de celular está em estado estável, diz HGE

João Victor Souza | 19/07/21 - 11h02 - Atualizado em 19/07/21 - 11h14
Neide Brandão/Ascom HGE

O Hospital Geral do Estado (HGE) informou que a criança de iniciais G.S.J, de 10 anos, vítima de lesões graves após explosão de aparelho celular, está internada na Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica (UTIped), em estado estável.

Segundo a nota enviada pela unidade de saúde nesta segunda-feira (19), a paciente segue acordada e reage bem ao tratamento. Ela foi admitida na quinta-feira (15), após transferência do Hospital de Emergência do Agreste.

Ainda de acordo com o comunicado, G. S. J sofreu lesões extensas, de 2º e 3º graus, em 40% do corpo, principalmente nos membros inferiores e superiores.

O caso

Na manhã de quinta-feira passada (15), uma menina de 10 anos e seu irmão, de 2 anos, sofreram queimaduras e foram hospitalizadas após um incêndio causado pela explosão de um celular, no município de Pão de Açúcar, no Sertão de Alagoas.

A menina teve queimaduras graves pelo corpo e perdeu parte do couro cabeludo. Ela precisou passar por cirurgia. Já o irmão teve ferimentos leves e apresentou quadro estável desde o ocorrido.

Familiares disseram que as crianças estavam dormindo quando o celular, que estava na tomada, explodiu, causando um incêndio no cômodo. Uma pessoa da família conseguiu resgatar as crianças e pedir socorro.