Gente Famosa

Dado Dolabella manda recado para Luana Piovani: “Me perdoe, eu te amo”

Metrópoles | 13/07/21 - 14h35
Reprodução

Dado Dolabella decidiu escrever uma publicação dedicada a Luana Piovani depois que a atriz relembrou a agressão que sofreu por parte dele em 2008. À época, Dado desferiu um tapa na cara de Piovani durante uma briga em uma boate.

Nesta terça-feira (13/7), Luana comparou o episódio que viveu ao caso de DJ Ivis e Pamella Holanda. Ela disse que quando foi agredida não teve o apoio que Pamella tem recebido e celebrou a mudança de comportamento da sociedade, inclusive das mulheres.

Após o desabafo de Piovani, Dado foi mencionado em posts de fofoca no Instagram e reagiu, rebatendo o comentário da ex-mulher.

“Foi o que me fez ser quem eu sou hoje. Somos frutos dos nossos erros e acertos, mas principalmente daquilo que fazemos com nossos erros. Me envergonho muito, perdi a cabeça, um dos motivos também que me fizeram decidir ser vegano, ser menos impulsivo, reativo…”, começou o artista.

Durante o texto, Dado fez questão de ressaltar sua “nova fase”, onde é vegano e busca se desprender de sua versão do passado.

“Violência é energia, a mesma inferida é a mesma exalada. Assim como me envergonho também de um dia já ter transformado inocentes (carne animal) em fezes, pagado para matarem por mim… cada inocente, cada vida”, escreveu.

Por fim, o ator pediu desculpas a Luana e desejou paz à atriz: “Precisamos nos transmutar e sem o perdão não transmutamos. Nos perdoar pelos nossos erros, perdoar o próximo e nos permitir encontrar um caminho melhor. Luana Piovani, sinto muito! Me perdoa, eu te amo. Sou grato! Muita paz na sua caminhada”.

Relembre o caso

Nesta terça-feira (13/7), no Instagram, Luana Piovani comentou a repercussão do caso de agressão de DJ Ivis contra sua então esposa, Pamella Holanda. A atriz lamentou o fato e disse que à época em que foi agredida por Dado Dolabella não recebeu tamanho apoio tal qual Pamella, e ainda foi criticada por outras mulheres.

“Fico feliz em ver as mulheres se unindo e denunciando, pois quando eu fui agredida não tinha campanha e nem Insta. O agressor, 6 meses depois, ganhou um reality e as mulheres diziam ‘vem bater em mim’. As mulheres já me envergonharam e pioraram a minha situação imensamente. Suspiro aliviada em ver que uma mudança está acontecendo”, escreveu a atriz.

O episódio a que Luana se refere aconteceu em 2008. Dado desferiu um tapa no rosto da atriz em uma boate. Luana chegou a processar o ator, que, segundo relatos estaria alcoolizado e teria usado entorpecentes durante a agressão.

Em 2012, Luana tornou a recorrer ao judiciário depois que o ator desrespeitou o limite de 250 metros de distância física entre eles. De acordo com a atriz, a desobediência teria acontecido por três vezes. Diante do exposto, a juíza Cíntia Santarém decretou a prisão de Dado, contudo, o advogado do artista recorreu e o liberou através de um habeas corpus.