Gente Famosa

Deputada acusa Felipe Neto de machismo: “Mansplaining que fala”

Metrópoles | 11/08/21 - 23h58
Reprodução

O influencer Felipe Neto, que testou positivo para a Covid-19, se envolveu em mais uma polêmica no Twitter. A deputada federal Tabata Amaral (PDT-SP) acusou o youtuber de praticar mansplaining, prática que consiste na interrupção da fala das mulheres. Tudo começou quando Neto afirmou que a deputada está “mega put*” por ele ter cobrado sobre o voto da privatização dos Correios, no qual ela votou a favor.

“Muleque, tu fez a Tabata Amaral curtir teu post porque ela tá mega put* comigo por eu ter cobrado ela no privado sobre o voto da privatização dos Correios. Acho que ela não sabia que, ao curtir, apareceria pra mim”, respondeu Neto em uma publicação do humorista Maurício Meirelles. Em resposta, a parlamentar acusou Neto de machismo: “Obrigada por me explicar como funciona o Twitter. Mansplaining que fala, né?”.

Felipe Neto não deixou barato e respondeu: “Ah pronto… Tabata, depois vai no WhatsApp me dizer onde que eu fui pra ‘baixaria’ contigo só por perguntar o que te levou a votar pela privatização dos Correios e dizes que isso só atende ao interesse dos bilionários, por favor”.