Saúde

Dois pacientes com Covid transferidos de Manaus para Alagoas morrem no Hospital Metropolitano

Ana Carla Vieira | 28/01/21 - 10h40 - Atualizado em 28/01/21 - 10h53
Arquivo

Dois pacientes em tratamento contra a Covid-19, transferidos do estado do Amazonas para Alagoas no último dia 21, morreram no Hospital Metropolitano, na parte alta de Maceió.

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), um homem de 36 anos faleceu no dia 24 e uma mulher, de 46 anos, morreu no dia 25. Os dois estavam em estado grave, internados na UTI do Hospital. Apesar dos óbitos terem sido registrados no início desta semana, apenas nesta quinta-feira (28) foram divulgados pela Sesau. 

Por meio de nota, a Sesau disse que o Serviço Social e de Psicologia do Hospital Metropolitano de Alagoas mantiveram contato com os familiares das duas vítimas para informar as causas do falecimento e que todas as medidas administrativas foram adotadas pelo Estado de Alagoas. Ainda de acordo com a Sesau, em contato com o Governo do Amazonas, os corpos das vítimas foram encaminhados para sepultamento no estado de origem. A secretaria, no entanto, não respondeu sobre quando aconteceu o translado dos corpos. 

Os primeiros pacientes foram trazidos para Maceió no último dia 21, durante a "Operação Alagoas Solidária", em decorrência do colapso da rede hospitalar em Manaus. Em Maceió, os 14 pacientes foram recebidos nos Hospitais da Mulher e Metropolitano.

Já na noite da última terça-feira (26), mais 16 pessoas foram transferidas para Alagoas, um deles um alagoano de São José da Lage, que foi encaminhado ao Hospital Metropolitano. Os outros 15 pacientes foram recebidos no Hospital Universitário.

De acordo com informações da assessoria de comunicação da Sesau, um boletim com o estado de saúde dos pacientes transferidos deve ser divulgado na tarde desta quinta-feira.