Gente Famosa

Em Cannes, Oliver Stone diz que prisão de Lula foi “projeto dos EUA”

Metrópoles | 15/07/21 - 20h43
Agência Estado

O diretor de cinema Oliver Stone declarou, nesta quinta-feira (15/7), em entrevista durante a 74º edição do Festival de Cinema de Cannes, na França, que a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi um “projeto dos Estados Unidos”.

“A prisão do ex-presidente Lula teve por trás o interesse do governo dos Estados Unidos em desestabilizar líderes latino-americanos de esquerda”, declarou o cineasta.

Stone prepara um novo filme no qual Lula será o personagem principal. De acordo com ele, a forma como foi conduzida a prisão do político na Lava Jato foi algo “selvagem, uma história suja”.

“É duro, é uma guerra em curso o que está acontecendo”, completou.

Ele ainda falou que existe uma tentativa por parte do Ocidente de criminalizar nações governadas por líderes de esquerda ou que se opõem aos interesses dos Estados Unidos.

“A mentalidade do Ocidente agora é completamente anti-Rússia, anti-China, anti-Irã, anti-Cuba, anti-Venezuela. Não se pode falar nada de bom sobre eles. Quem mais está nesta lista? O Brasil. No Brasil, Lula foi para a prisão, eles se livraram de Lula. Eles policiam o mundo”, afirmou.