Brasil

Emocionada, mãe de Marília Mendonça desabafa em culto: “É dor demais”; vídeo

Metrópoles | 12/11/21 - 09h28
Reprodução

A mãe da cantora Marília Mendonça, Ruth Dias, se emocionou durante o culto em homenagem à filha, na quinta-feira (11/11), na Igreja Assembleia de Deus, na capital goiana. Ela desabafou: “É dor demais”, referindo-se à morte da cantora com o tio e mais três pessoas em um acidente de avião em Minas Gerais, seis dias antes.

“Quero agradecer minha família que está toda aqui. Gente, é grande a perda, é dor demais. Perdi meu irmão, perdi minha filha e um produtor que era quase um filho, mas Deus tem me fortalecido”, disse Ruth.

Famosos - Também participaram da cerimônia de homenagem o ex-namorado Murilo Huff; as duplas Maiara e Maraisa e Henrique e Juliano, além de Hugo Henrique. O filho da cantora Léo Dias Mendonça Ruff, de 1 ano, não estava na igreja.

A mãe da cantora também fez agradecimentos à família e amigos. O auditório da igreja, que tem capacidade para 350 pessoas, estava lotado. "O que a Marília queria mesmo é que a gente viesse alegrar o nome de Deus. Agradecer e louvar a Deus pelos 26 anos que Deus deixou ela comigo. Pelo legado que ela deixou aqui. Boa filha, boa mãe”, disse.

Durante o culto, a dupla Maiara e Maraisa subiu ao altar para cantar uma música religiosa. Na ocasião, Maiara se emocionou e começou a chorar no meio da canção por causa da perda da cantora. “Obrigada, Deus, por nos permitir honrar a nossa amiga. E vamos honrar até o fim”, disse Maiara.

Henrique Bahia - Uma missa de sétimo dia também foi realizada na noite de quinta-feira, em homenagem ao produtor da cantora, Henrique Bonfim Ribeiro, de 32 anos. A cerimônia foi feita na mesma igreja em que houve uma homenagem ao Cristiano Araújo, que morreu em 2015 em acidente de carro, em Goiás.

Henrique foi sepultado em Salvador, mas amigos pediram que uma homenagem fosse realizada na capital goiana, onde ele morou por mais de 10 anos.

Acidente - O avião com Marília Mendonça e equipe decolou de Goiânia com destino a Caratinga, em Minas Gerais, na tarde da sexta-feira (5/11) onde a cantora se apresentaria naquele dia. No entanto, já bem próximo à pista de pouso, a aeronave se chocou com uma torre de transmissão elétrica e caiu em uma área de cachoeira.

No avião, com Marília, estavam o tio e assessor Abiceli Silveira Dias Filho, 43 anos; o produtor Henrique Ribeiro, 32; o piloto Geraldo Martins de Medeiros Júnior, 56; e o copiloto Tarciso Pessoa Viana, 37. Todos morreram.