Mundo

Estados Unidos declaram emergência sanitária por varíola dos macacos

Metrópoles | 04/08/22 - 17h14
Foto: Reprodução

O governo de Joe Biden declarou, nesta quinta-feira (4/8), emergência de saúde pública pela varíola dos macacos nos Estados Unidos. De acordo com o Departamento de Saúde do país, há cerca de 6.600 infectados pela doença.

O comunicado foi feito pelo secretário do Departamento de Saúde dos Estados Unidos, Xavier Becerra, durante uma coletiva de imprensa. “Estamos preparados para levar nossa resposta ao próximo nível no combate a esse vírus e pedimos a todos os americanos que levem a varíola a sério”.

A declaração, segundo o governo americano, permitirá uma resposta mais ágil para o direcionamento de fundos e outros recursos federais para conter a expansão da varíola no país.

O principais sintomas da varíola dos macacos são: febre, glândulas inchadas, dificuldade para respirar, dor de cabeça e dores musculares.

Segundo a Fox News, a Casa Branca disponibilizou mais de 1,1 milhão de doses de vacina e ajudou a aumentar a capacidade de diagnóstico no país para 80 mil testes por semana.

Emergência mundial - A Organização Mundial de Saúde (OMS), anunciou emergência internacional em 23 de julho em decorrência da varíola dos macacos, que tem infectado pessoas em todo o mundo.