Nordeste

Estudante cearense faz ensaio de formatura em homenagem aos pais garis

Diário do Nordeste | 14/12/19 - 08h05

O ensaio de formatura de Vanessa dos Santos, de 18 anos, concludente dos ensinos médio e técnico em Quixadá, no Sertão Central, comoveu muitas pessoas nas redes sociais. Ela usou as fotos como homenagem a seus pais, que trabalham como garis no Centro da cidade.

Ela concluiu, neste mês de dezembro, o ensino médio na Colégio Coronel Virgílio Távora e o técnico profissionalizante em informática na EEEP Maria Cavalcante Costa, o Liceu de Quixadá. 

Para estudar, Vanessa andava 2 horas a pé para chegar ao centro de Quixadá. Ela mora com os pais e quatro irmãos no Bairro de Monte Alegre. Vanessa é a segunda da família a se formar no ensino médio. Sua irmã mais velha, de 20 anos, concluiu em 2018. Seus pais, Moisés, de 36 anos, e Iracilda dos Santos, de 45 anos, não chegaram a concluir o ensino fundamental, mas sempre incentivaram que os filhos fossem além.

Moisés é natural de Quixeramobim e trabalha como gari há mais de 20 anos. Iracilda era dona de casa e começou a trabalhar com ele há algumas semanas. Vanessa conta que os dois são muito apegados e trabalham lado a lado, todos os dias. A profissão dos pais foi motivo de discriminação em alguns momentos da vida escolar da garota, que era chamada de 'filha do lixeiro' por alguns colegas do ensino fundamental. "Nunca fiquei triste por estarem falando assim comigo. O erro não estava em mim, e sim neles", conta Vanessa.

CASAL FOI PEGO DE SURPRESA

O orgulho da profissão dos pais se transformou no tema das fotos de formatura. A ideia de fazer as imagens no local onde Moisés e Iracilda trabalham foi do fotógrafo, Cleyton de Paula. Ele conta que, para realizar o desejo de Vanessa de ser fotografada com os pais, pegou a estudante e um de seus irmãos mais novos em casa e os levou para o Centro de Quixadá, surpreendendo os pais. 

Moisés conta que se sentiu muito feliz e com a surpresa. A realização de formar mais uma filha aumenta ao lembrar das dificuldades que passou para cuidar da família. Ele passou dois anos morando em Fortaleza, a procura de emprego, enquanto sua esposa e filhos se sustentavam com menos de R$300. "Muita emoção e surpresa" define ele sobre a homenagem.

De início, a formanda disse ao fotógrafo que não sabia se teria condições de pagar o ensaio, mas o profissional afirma que sempre se esforçou para não deixar alunos de fora do momento de registro. 

A união entre a beca e as vestimentas de gari gerou comentários emocionantes nas redes sociais do fotógrafo. Ele conta que está recebendo mensagens de elogio desde a publicação das fotos em seus perfis, na última quarta-feira (11). "Que a Vanessa seja inspiração para muitos. Eu dei o pacote de presente e já recebi a recompensa!", comenta o fotografo. 

Ver essa foto no Instagram

A fotografia tem me proporcionado inesquecíveis vivências. Ela me possibilita eternizar através dos clicks, momentos que são marcantes para meus clientes. Mas todos, sem exceção, me emocionam de alguma forma. E hoje talvez vivi um dos momentos mais lindos e marcantes para mim quanto fotógrafo, pai, filho e como amante das coisas simples da vida. Sobretudo, àquela que é essencial: O amor. Ao conversar com Vanessa, cliente formanda do ensino médio/técnico do curso Informática, a mesma comentou o desejo de ter uma foto com os pais naquele momento (com beca). Perguntei a ela porquê eles não teriam vindo e ela explicou: "Eles trabalham em horários os quais não conciliaram com os da sessão". E questionei sobre o quê exatamente eles trabalhavam. E ela, toda orgulhosa, sorridente, me respondeu: "São garis. E o mais legal, meu pai não larga do lado da minha mãe. Acabam inclusive trabalhando juntos. Recolhendo os lixos no centro". Aquela resposta mexeu comigo instantaneamente. E de imediato me veio a ideia de fazer uma foto com eles, de surpresa. E após o término da sessão (12h30), marquei com ela de irmos antes do retorno para a sessão final do dia, quando faço as fotos do por do sol. E lá fomos. Peguei ela em casa, num bairro humilde da cidade, e fomos procurá-los pelo centro. E consegui. Registrei um dos momentos mais marcantes pra mim quanto profissional. Ver toda essa felicidade, amor, respeito, valorização, compaixão, ternura, ORGULHO e fé por dias melhores, me fez sentir-se abençoado. Certa vez comentei com uma outra cliente: "Este momento nunca é somente seu". Hoje essa frase me fez ainda mais sentido. Obg, Deus, por me permitir vivenciar momentos assim. Obg, Vida, por me ensinar diariamente. Obg, Vanessa, por ter aceitado minha ideia. E parabéns pela filha que és. Compartilhem o amor. #fotosformatura #formatura #formanda #colação #vemformatura #formaturainformatica #brasil #ufc #uece #feclesc #unicatolica #ifce #unifor #ceará #colaçãodegrau

Uma publicação compartilhada por Cleyton De Paula Fotografia (@cleytondepaulafotografia) em