Nordeste

Estudante que fez selfie sob escombros de prédio que desabou recebe alta em Fortaleza

Diário do Nordeste | 16/10/19 - 17h24 - Atualizado em 16/10/19 - 17h31
Arquivo pessoal

O universitário Davi Sampaio, de 22 anos, recebeu alta do hospital,na tarde desta quarta-feira (16), em Fortaleza. O estudante é uma das vítimas do desabamento do Edifíco Andrea, que caiu na manhã desta terça-feira (15), no bairro Dionísio Torres.

Ele chegou a fazer uma selfie sob os escombros e enviou para familiares e amigos para dizer que estava vivo. Após cinco horas, Davi foi retirado do local e estava internado em uma clínica particular da capital cearense.

Acompanhado do pai, o advogado Paulo Martins, o estudante apareceu sorridente dentro do carro na saída do hospital. Ele teve apenas ferimentos leves, foi submetido a exames e ficou de observação durante pouco mais de 24 horas após a tragédia. 

Em entrevista ao Diário do Nordeste, o pai da vítima revelou que havia conversado com o filho momentos antes da queda do prédio. "Meu filho me ligou dizendo que estava indo para a faculdade e eu desejei tudo de bom para ele e disse que ele fosse com Deus. Só passou três minutos quando ele me ligou de volta dizendo que estava debaixo dos escombros. Eu não acreditei pelo impacto, pois eu tinha acabado de falar com ele. Pensei que era brincadeira, mas era verdade", relatou.