Brasil

Festa clandestina é interditada em Goiânia; filho de Bolsonaro estava no local

TNH1 com Metrópoles | 29/08/21 - 15h03 - Atualizado em 29/08/21 - 15h22
Reprodução/Redes Sociais

A fiscalização da Prefeitura de Goiânia interditou, na noite desse sábado (28), uma festa clandestina que contava com a presença do filho mais novo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Jair Renan Bolsonaro, conhecido como 04, aparece em uma foto publicada nas redes sociais por pessoas que estavam no evento. O Metrópoles confirmou a presença do jovem.

A festa, chamada EmOff, reuniu mais de 1 mil pessoas em um espaço de eventos (Palácio Monte Líbano), localizado na região oeste de Goiânia. A venda de ingressos, de acordo com a fiscalização, foi feita em grupos de WhatsApp, e o local só foi divulgado horas antes do início da balada.

O evento foi realizado em desacordo com as regras de combate a aglomerações, em razão da pandemia da Covid-19. Conforme a divulgação, a festa começou às 16h desse sábado, e a previsão era que ela durasse até as 8h deste domingo (29).

As equipes de fiscalização chegaram ao local por volta das 23h e constataram o descumprimento das regras sanitárias em vigência na capital. As pessoas estavam aglomeradas, dançando em pista de dança e sem máscara.

Eventos corporativos e sociais, em Goiânia, só estão permitidos com limite de 250 pessoas e com proibição de pista de dança. O fato chegou ao conhecimento dos fiscais por meio de denúncia.

Autuação

O espaço de eventos foi autuado pela Agência Municipal de Meio Ambiente (Amma) em R$ 10 mil, por não possuir autorização para a realização da festa, e em mais R$ 4.908, pela Vigilância Sanitária, por promover aglomeração.

A fiscalização é composta por equipes da Amma, Vigilância Sanitária, Guarda Civil Metropolitana, Corpo de Bombeiros e Secretaria Municipal de Planejamento.

(Prefeitura de Goiânia)
(Prefeitura de Goiânia)
(Prefeitura de Goiânia)
(Prefeitura de Goiânia)

Jair Renan esteve em Goiânia nesse sábado (28), mesmo dia em que o pai cumpriu agenda oficial no estado goiano.

O mandatário da República participou de solenidade de transferência de comando no quartel do Exército em Goiânia e de um encontro de líderes da igreja Assembleia de Deus. Na sexta-feira, Bolsonaro participou de um passeio de moto pelas ruas da capital.